domingo, 31 de maio de 2009

As duas flores...



São duas flores unidas
São duas rosas nascidas
Talvez do mesmo arrebol,
Vivendo, no mesmo galho,
Da mesma gota de orvalho,
Do mesmo raio de sol.

Unidas, bem como as penas
das duas asas pequenas
De um passarinho do céu...
Como um casal de rolinhas,
Como a tribo de andorinhas
Da tarde no frouxo véu.

Unidas, bem como os prantos,
Que em parelha descem tantos
Das profundezas do olhar...
Como o suspiro e o desgosto,
Como as covinhas do rosto,
Como as estrelas do mar.

Unidas... Ai quem pudera
Numa eterna primavera
Viver, qual vive esta flor.
Juntar as rosas da vida
Na rama verde e florida,
Na verde rama do amor!

Castro Alves

13 comentários:

Úrsula Avner disse...

Oi minha linda, adoro a poesia singela e delicada de Castro Alves, sensível e admirável poeta. Bela postagem. Bjs e uma ótima semana cheia de vitórias.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Carla Fabiane!

Maravilha este poema!Coloquei-o em meu perfil do Orkut como alusão á minha Gabi e agora o encontro aqui...

Os corações dos blogueiros batem em uníssono!!!

Em meu blog tem um prêmio para você!

Ficarei feliz se o aceitar,pois o mérito é seu!

Beijos!Sonia Regina.

josebonifacio disse...

Graça e paz!

"As Duas Flores" é o retrato fiel do belo companheirismo, onde as forças são somadas e visam o bem comum.

Indubitavelmente, na atual conjuntura o amor fraternal está escasso, em ponto de extinção. Mas, ainda creio que há pessoas dispostas a renunciar e, em tempo de graça, exercer o mais profundo amor.

Destarte, anelo - num porvir não muito distante - ver pelos olhos da fé a graça do companheirismo, fundamentado no amor unindo grandes, pequenos, ricos e pobres.

Que fantástico seria! Que dimensão gloriosa, onde o amor falaria mais alto sem tolos preconceitos!

Carla Fabiane, minha poetisa, como amei "As Duas Flores". Parabéns!

Até creio que nós, guardando as devidas proporções, somos bons exemplos de duas flores.

Deus seja louvado!

José Bonifácio

Nely disse...

A união faz a força...quer seja na natureza em duas simples flores, quer seja nas pessoas, quando se ligam em sentimentos ternos ou eternos.
Um poema singelo, muito bonito.
Beijinho no coração.
Nely.

Paulo Tamburro disse...

Seriam as famosas flores siamesas?

adriana disse...

Carla,
Tem selinho pra você, lá no Dimensões.
bjs

O Profeta disse...

Mil caminhos
Esta viagem sem velas nem vento
Este barco na bolina das ondas
Esta chuva miúda transborda sentimento

Amarras prendem o gesto
Arrocham um coração que bate incerto
Uma gaivota retoca as penas com espuma
Levanta voo em rumo concreto

Partilha comigo “100 Anos de Ilusão”


Mágico beijo

"Antonio" disse...

UM PROPÓSITO MAIOR

Tudo é possível. Nada é bom demais que não possa ser verdade. Kobi Yamada

P are e pense naquela ocasião, quando você tanto se preocupou a respeito do resultado daquele grande projeto ou situação. As coisas saíram da maneira que você esperava? Havia alguma coisa que hoje você faria de forma diferente para mudar o resultado? Possivelmente.

Quantas são as vezes em que trabalhamos num determinado projeto, mas nos preocupando com tamanha intensidade que chegamos a paralisar o processo criativo. O que você faria se não alimentasse nenhum temor do resultado final? Começaria uma nova carreira, que lhe proporcionaria um grau de satisfação ainda mais intenso? Pense nas pessoas que você mais admira e nas preciosas realizações que elas alcançaram. Você acredita que elas se preocuparam com o resultado final, ou simplesmente foram em frente, sabendo que perseverar não era mais uma questão de opção?

A questão pura e simples é: tão-somente você pode decidir a respeito do que vai fazer com a sua vida. Ouça aquilo que Deus está lhe dizendo e aprenda a reconhecer os planos Dele a seu respeito. Então não se preocupe com o resultado final. Todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus.

http://curiosidadesdoplantaterra.blogs.sapo.pt/

http://projetokaratenaescola.spaces.live.com/

Leila Diniz disse...

. oi amiga! passei por aqui.
. com esse frio manter a RA é prova de fogo! Sinto tanta vontade de tomar coisas quentinhas o dia todo, tenho que segurar a onda com chás, risos.
. ainda bem que temos os meses para nos dar essa sensação de recomeço, para nos permitir realmente recomeçar.
. o frio deixa a gente mais lenta, mas temos que ao menos tentar porque se rendermos ao menos metade do esforço nesse período de frio, quando começar o calor e as pessoas estiverem desesperadas para emagrecer a gente terá meio caminho andado.
. estou corrida no trabalho, por isso a demora em aparecer, mas sempre que posso estou por aqui, muitas vezes passo, só não comento porque realmente o tempo é curto.
. beijinhos mil.
. fique com DEUS.

Leila Diniz disse...

. ps: lindo o poema!

Denise disse...

Ah se eu pudesse!

carinhos meus

Denise

Maria Emília disse...

Amiga Carla,
Os beles jacintos amarelos inspiraram o poeta e ensinam-nos a nós que poderemos viver a vida como eterna Primavera. Está no nosso acreditar que os espinhos se transformamem rosas.
Um beijinho,
Maria Emília

CARLA FABIANE... disse...

Amizade... não é receber, é dar...
não é magoar, é incentivar...
não é descrer, é crer...
não é criticar, é apoiar...
não é ofender é compreender..
não é humilhar, é defender...
não é julgar, é perdoar...
não é esquecer, é lembrar...
Amizade, é simplesmente Amar !"
UM BEIJO EM TODOS!