terça-feira, 21 de abril de 2009

POETA, SÁ FREITAS...


AMOR E ÓDIO


Nada sentia em mim...Só a presença
Da solidão feral, do amargo tédio,
De uma dor intensa e sem remédio,
Que enfraqueciam muito, a minha crença.

Não queria eu viver assim vencido...
Precisava encontrar outro caminho,
Onde eu não me sentisse tão sozinho
E sem ter rumo, a divagar perdido.

Então pedi: "Meu Deus, digas-me agora,
O que fazer para mandar embora
Toda essa angústia, essa tristeza e dor?"

E aí senti que Algo em minha mente,
Dizia-me bem forte e claramente:
"DEIXE DO ÓDIO JÁ, PRATIQUE O AMOR."

8 comentários:

josebonifacio disse...

Graça e paz!

Que maravilha de texto! Sim,porque retrata com muita propriedade sobre a doce força do amor.

O segredo de minha vitória foi, em última análise, permanecer amando, amando e amando...´

Há quem propale que o amor é cego. No entanto, posso afimar que o amor é a forma mais profunda de se enxergar.

Quer ver e deixar de odiar, passe a amar e tão somente amar.

Deus seja louvado!

José Bonifácio

Olavo disse...

È um belo conselho que deveria ser colocado mesmo em pratica..
Bjs

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Lindo poema!Que todos sigam o conselho do poeta!O ódio envenema que o cultiva,o Amor nos faz brilhar!

Beijos,com amor!Sonia Regina.

juliana green disse...

Quem obedece a lei do amor,
não pode estar preocupado com o amanhã.
GANDHI

CARLA FABIANE... disse...

AMIGOS SÃO BÊNÇÃOS!

Amigos são anjos enviados por Deus para que não nos sintamos sozinhos aqui na terra.

Quando temos um amigo, temos tudo em dobro: coração, braços, pernas, ombros e olhos. Porque um amigo é alguém que sempre pensa na gente, que se preocupa, nos ouve, nos conforta... que sente saudade quando estamos distantes, mas que também sabe respeitar nossa necessidade de estar sozinhos em alguns momentos.
A amizade é a irmã gêmea do amor; é o amor na sua forma pura e desinteressada, é amor partilhado e compartilhado, dividido, dado, sem que nada seja esperado em troca.

Um amigo sabe sofrer as nossas dores, não como se fossem as suas, mas consciente de que são nossas e de que precisamos mesmo é do seu apoio.
Um amigo é uma estrela que brilha quando nosso céu está cinza, é um pequeno raio de sol que invade nossa janela nas manhãs de inverno, é o ar fresco que nos faz respirar quando sentimos que o mundo nos sufoca.

Virtual ou real, um amigo é uma alma sempre presente nas nossas vidas.

Meu Simples Sentimentos disse...

Me indentifiquei com seu texto, que ainda por cima é muito bonito.
Mas deixar o ódio as vezes é tão dificil...ainda mais qdo se praticou o amor e foi tão desvalorizado. Esse texto HOJE é minha identidade. Um abraço.
Virei aqui sempre. Bjos

adriana disse...

Um beijo pra você também, querida!
E seja bem-vinda!

CARLA FABIANE... disse...

BEIJOS ...