sexta-feira, 20 de agosto de 2010

A LIÇÃO DO RIO...


E o RIO corre sozinho.
Vai seguindo seu caminho.

Não necessita ser empurrado.
Pára um pouquinho no remanso.
Apressa-se nas cachoeiras.

Desliza de mansinho nas baixadas.
Precipita-se nas cascatas.

Mas, no meio de tudo isso vai seguindo seu caminho.
Sabe que há um ponto de chegada.
Sabe que seu destino é para a frente.
O rio não sabe recuar.

Seu caminho é seguir em frente.
É vitorioso, abraçando outros rios, vai chegando no mar.
O mar é sua realização.
É chegar ao ponto final.
É ter feito a caminhada.
É ter realizado totalmente seu destino.
A vida da gente deve ser levada do jeito do rio.
Deixar que corra como deve correr.

Sem apressar e sem represar.
Sem ter medo da calmaria e sem evitar as cachoeiras.
Correr do jeito do rio, na liberdade do leito da vida, sabendo que há um ponto de chegada.
A vida é como o rio.
Por que apressar?

Por que correr se não há necessidade? Por que empurrar a vida?
Por que chegar antes de se partir?
Toda natureza não tem pressa.
Vai seguindo seu caminho.
Assim é a árvore, assim são os animais.
Tudo o que é apressado perde gosto e o sentido.
A fruta forçada a amadurecer antes do tempo perde o gosto.

Tudo tem seu ritmo.
Tudo tem seu tempo.
E então,por que apressar a vida da gente?

Desejo ser um rio.
Livre dos empurrões dos outros e dos meus próprios.

Livre das poluições alheias e das minhas. Rio original, limpo e livre.
Rio que escolheu seu próprio caminho.
Rio que sabe que tem um ponto de chegada.
Sabe que o tempo
não interessa.
Não interessa ter nascido a mil ou a um quilômetro do mar.
Importante é chegar ao mar.
Importante é dizer "cheguei".
E porque cheguei, estou realizado.
A gente deveria dizer: não apresse o rio, ele anda sozinho.
Assim deve-se dizer a si mesmo e aos outros: não apresse a vida, ela anda sozinha.

Deixe-a seguir seu caminho normal.

Interessa saber que há um ponto de chegada e saber que se vai chegar lá.
É bom viver do jeito do rio!

"Se não houver frutos, valeu a beleza das flores; se não houver flores, valeu a sombra das folhas; se não houver folhas, valeu a intenção da semente."

Henfil

6 comentários:

JULIANA PAEZ disse...

Que lindo amiga!!

Chego a viajar com este poste.

Nossa você trouxe muitas verdades ao longo deste rio.

Parabéns!!

Bjos da JU

Joop Zand disse...

Hello Carla

Thats FANTASTIC.....my compliments.

greetings and kisses, Joop

Ira Buscacio disse...

Carlinha, minha queridíssima,

Tudo vale a pena se a alma não é pequena.

Sábio esse menino (Pessoa)!

Um fds de rio pra vc.
Bjinhos

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Mais um exmplo da natureza a nos ensinar. Parabéns. Beijão

armalu disse...

Lindo seu texto. somos muitas vezes como um rio, outras nem tanto, ai... a coisa complica. bj

Elaine Barnes disse...

Henfil era um sábio mesmo. Lindo de viver! Melhor seguir o curso do rio do que ficar se debatendo,nadando contra ele ou parado na margem sem movimento.
Amei! Montão de bjs e abraços