quarta-feira, 13 de maio de 2009

AMIGA E POETISA, GLAUCE SOARES...

TRISTE...


É triste te tratar com amor....

É triste você retribuir com amizade...


É triste te olhar e não poder dizer "te amo".

É triste sorrir pra você, quando minha vontade é chorar...


É triste te ouvir falar e não poder escutar o que eu queria ouvir...

É triste me achar dentro de mim e só reencontrar você...


É triste precisar de você, enquanto você não precisa de mim...

É triste o amor terminar...


É triste o amor ter fim.

É triste eu gostar de você,sem você gostar de mim...


AMIGA QUERIDA!
"Ninguém pode construir em teu lugar
as pontes que precisarás passar,
para atravessar o rio da vida
- ninguém, exceto tu, só tu.
Existem, por certo, atalhos sem números,
e pontes, e semideuses
que se oferecerão para levar-te além do rio;
mas isso te custaria a tua própria pessoa;
tu te hipotecarias e te perderias.
Existe no mundo um único caminho
por onde só tu podes passar.
Onde leva?
Não perguntes, segue-o!!!"

Minha admiração por ti, cresce todos os dias!
Carla Fabiane

2 comentários:

stella disse...

Non essere triste, Carla.
Baci

Maria Emília disse...

A resposta está dada. É seguir o caminho sem olhar para trás nem perder tempo com quem não nos merece. Numa curva inesperadamente surgirá quem espera por nós e então perceberemos que esse outro amor era utopia.
Grande beijinho,
Maria Emília