domingo, 1 de fevereiro de 2009

SOU UMA VIAJANTE NO TEMPO...


E a coisa mais divina
Que há no mundo
É viver cada segundo
Como nunca mais...

(Vinícius de Moraes)

Um comentário:

Carla Fabiane disse...

Dá-me as estrelas dos teus olhos,
Deixa-me colhê-las uma a uma,
Todas, tantas como as constelações
Que transbordam o secreto sentido da beleza.
Dá-me a ternura quente do seu brilho,
Onde o céu é espelho e a água desliza,
Deixa-as iluminar a noite escura
Como archotes ancorados em sonhos velados
Que guiam a noite vagabunda dos apátridas
Sem cais, sem barco e à deriva.

Dá-me, hoje, as estrelas dos teus olhos
Para eu incendiar o mundo de esperança.