sábado, 28 de fevereiro de 2009


Soneto - Canto do Amor

Assim que tanto te Amo! - vou além
Assim que te Amo tanto! - sou brasa
Vou voando... feito anjo sem asa...
Para atingir teu coração, não fico aquém

Como viver satisfeito sem ninguém...
Se tenho um Amor florente que me casa
De acesas chamas ardentes - e d'asa...
Ficar vagando ao sol... não convém...

Do teu Amor, encontrei as chaves
Fui-te busca-la bem lá no fundo...
Mas tu já voavas... como as aves...

E cantavas o Amor no céu, tão profundo
Com notas harmoniosas tão suaves...
Irradiavas os quatro cantos... do mundo.

(Dolandmay)

2 comentários:

Ademerson Novais disse...

Não sorvi tantas palavras com alegria e entusiasmo como fiz com seu blog, textos profundos, que não só nos estimula a reflexão mais o intimo, a força interna, nos toca alma. Só por deslizar os olhos por essa tela já nos encanta, nos preenche de felicidade!!!
Que vc continue essa ponte de perseverança e luz para todos aqueles que busca mais que um dia de trabalho, mais que trocar o carro por outro, ou comprar uma roupa nova...
Que vc seja nossa ponte para o desconhecido e que lá possamos nos perder nem que seja alguns minutos, mais torço que tambem seja levada por ai, que se estenda...que voe!!!!

Espero que vc visite um dia meu blog


Ademerson Novais de Andrade

Carla Fabiane disse...

ANDERSON...
BOM DIA GENTIL HUMANO!
VISITEI SEU BLOG, E ME INDENTIFIQUEI, ME FORTALECI, ENCONTREI DEUS.
SUA POSTAGEM FOI MEU DESABAFO.
POR TUDO ISSO...
ESSA MANHÃ A MINHA PERGUNTA...
SERÁ QUE O LIMITE DA MINHA TOLÊRANCIA
É PEQUENO?
SERÁ QUE POR ESSAS TANTAS, ME SINTO
IMPOTENTE?
AS VEZES SINTO-ME ENOJADA...
FAÇO DAS SUAS PALAVRAS,O MEU GRITO DE BASTA, NÃO AGUENTO TANTA OPRESSÃO.
UM BEIJO GRANDE EM SEU CORAÇÃO.
FOI BOM TE CONHECER, E ENCONTRAR NESSE SEU ESPAÇO DE LUZ, O MOTIVO PARA VOLTAR...