segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

Daniela Pereira


Hoje acordei com o olhar embaciado
e sem ter a felicidade
a dar-me palmadinhas nas costas.
Houve um qualquer ser superior
talvez fosse mesmo um deus
que olhou para mim
e disse-me:
"SÓ SERÁS FELIZ
CHORANDO PALAVRAS
NESSE TEU MAR DE MULHER"
... e eu chorei.

Nenhum comentário: