sábado, 31 de janeiro de 2009

CRIANÇA PERDIDA



Procurei uma pessoa que soubesse, para onde o trem estava indo...
Olhei em todas as direções, não vi ninguém.
Muitas vezes procurei por ela, e não encontrei.
Me senti criança...

Com medo, faminta e fébril.
Sem dinheiro e sem direção.
Assustada gritei para um anjo, que passeava em Meu vagão.
Me agarrei a ele, com o coração nas mãos.

O tempo passou e eu cresci...
E descobri em meu báu de brinquedos, um bilhete.
Criança...
Quando cresceres me encontrarás.

E descobrirás o porque da sua existência.

reconhecerás o amor...
autoria
CARLA FABIANE
inspirado em (Adormecida em um trem...) ...Osho...


ps: ...Osho... GRATIDÃO! POR REGAR MEU JARDIM COM SUAS PALAVRAS...


Adormecida em um trem

Há alguns dias li uma frase de Jean Paul Sartre. Ele diz que a vida é como uma criança que adormeceu em um trem e é acordada pelo cobrador que deseja checar a passagem, mas a criança não tem passagem e não tem dinheiro para pagá-la.

A criança também não está sabendo para onde está indo, qual é o seu destino e por que ela está no trem. E, por último, mas não menos importante, a criança não pode descobrir, porque em primeiro lugar nunca decidiu estar no trem. Por que ela está lá?

Essa situação está se tornando cada vez mais comum para a mente moderna, porque de algum modo estamos desenraizados e está faltando o sentido. Você simplesmente pergunta: "Por quê? Para onde estou indo?"

Você não sabe para onde está indo e não sabe o motivo de estar no trem. Você não tem passagem e não tem dinheiro para pagá-la e, ainda assim, não pode sair do trem. Tudo parece ser caótico, enlouquecedor.

Isso acontece porque as raízes no amor foram perdidas. As pessoas estão vivendo vidas sem amor, seguindo em frente de qualquer jeito. O que fazer?

Sei que todos um dia se sentem como uma criança em um trem. Mesmo assim, a vida não será um fracasso, porque nesse enorme trem há milhões de pessoas profundamente adormecidas, mas sempre há alguém que está desperto.

A criança pode procurar e encontrar alguém que não esteja dormindo e roncando, alguém que entrou conscientemente no trem, alguém que sabe para onde o trem está indo. Estando nas proximidades dessa pessoa, a criança também aprenderá os meios para ficar mais consciente. ... Osho ...

http://palavrasdeosho.blogspot.com/

Um comentário:

Carla Fabiane disse...

Amor é amor
Sentimento inegável...
Que chega solícito
Enchendo-nos de felicidades.

Sentimento maior
Que une a grandeza
Inexplicável da vida.

Emoções que não se mede
Máxima indivisível das paixões...

Interação de corpo e alma
E uma paz imensurável...
Quando se completa.