segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Flávio Cardoso Reis


TUA SOMBRA

Quero tornar-me tua sombra
Uma companhia inseparável,
Como uma parte escura em
Uma moldura, um toque especial!

Quero tornar-me tua sombra
Para refrescar-te das fontes
Abrasadoras, deixar prevalecer
A aurora que outrora foi sua
Condutora, em sua vida angelical

Quero tornar-me tua sombra
Ser seu guarda costa, proteger
Sua silueta, fazer mistério do
Que mais me tira do sério,
A beleza do seu corpo escultural.

Quero tornar-me tua sombra
Uma sombra de luz, para iluminar
Os seus passos, te envolver em
Meus braços, e ser mais que um
Mortal.

Quero tornar-me tua sombra
Para estar contigo em todos
Os momentos, revelar meus
Sentimentos, ser o reflexo da
Tua alma, um espectro sentimental!

Nenhum comentário: