quarta-feira, 25 de junho de 2008

um pouco de lágrimas...

O caminho.
Tarde, sol.
Água que cai,
por pedras escorrendo.
Olhos, lágrima.
O grande rio da dor.
O sul de mim.
Infinitas e eternas
descobertas.
A dor.
A noite
grávida de estrelas.
Negra solidão
que me abate.
Soluço.
Lágrima ao sul.
O rio.
O grande rio
que desagua
no mar do amor.

2 comentários:

Roberto disse...

um mundo de saudades...

Hoje consegui conectar e vi que escreveu coisas lindas. Como queria estar aí para lhe beijar e dizer que adorei os textos. Para lhe ver sorrir quando eu chegar, para lhe abraçar neste frio.
Muitas saudades e muito amor.
Do seu Roberto.

Carla Fabiane disse...

meu anjo te amo!
tudo que escrevo,nasce de um coração que te ama muito,e pode sentir o seu amor com a mesma intensidade...
amo vc minha fonte de inpiração!
beijo